quarta-feira, 11 de julho de 2018

SAFRA DE MEL 2018 - MANEJO, PERSPECTIVAS, COLHEITA


SAFRA DE MEL 2018SUDESTE - CENTRO OESTE - NORTE DO BRASILMANEJO - PERSPECTIVAS - COLHEITA

     Entramos Julho e com ele a abertura das principais floradas do ano para as regiões SUDESTE, CENTRO OESTE E NORTE DO BRASIL. Plantas como CIPÓ UVA, ASSA PEIXE, AROEIRA, CANDEIA, ANGICO, LIXEIRA, SUCUPIRA, PEQUI, VÁRIAS ESPÉCIES DE EUCALIPTO, todas abrem floração em algum período situado entre agora, 01º DE JULHO E 30 DE OUTUBRO. Momento de colocar as abelhas para encherem as melgueiras e sobre ninhos para, em Outubro colhermos o precioso mel.

     Se vc apicultor já vem fazendo o manejo correto nos últimos 60 dias, sabe que os meses de Maio e Junho correspondem AO PERÍODO PRÉ -SAFRA DO CALENDÁRIO APÍCOLA. O tripé de preparação das colméias:  TROCA DE FAVOS VELHOS, ALIMENTAÇÃO E TROCA DE RAINHAS  são o alicerçe e a base para garantir as colônias as condições para absorverem o que há de melhor da natureza: o valioso, rico e imperecível mel das abelhas. A  TROCA DE FAVOS VELHOS gera para a colméia favos claros e novos, com alvéolos largos e crescimento ao máximo do corpo das abelhas.  A ALIMENTAÇÃO  a base de ração em pó, proteína líquida como o  PROMOTOR L ou o  GLICOPAN ENERGY, pó de pólen e açúcar orgânico para os apiários orgânicos. A TROCA DAS RAINHAS ESGOTADAS POR NOVAS SELECIONADAS, que possibilita o crescimento da população da colméia para 100.000 abelhas já na entrada da safra. Estes 3 manejos se aplicados e implementados em sua plenitude possibilitam uma produtividade elevada de mel acima de 60,80, 90 quilos de mel dentro da safra principal de 4 meses que se inicia agora:  JULHO  e se estende até OUTUBRO.
   
     A ampliação do número de colméias se dá com a captura por caixas iscas. De 100 iscas espalhadas em 01 DE JULHO há uma grande possibilidade de você apicultor capturar de 50 a 70 ENXAMES CAPTURADOS nos 4 meses da safra. Não há método melhor e mais barato de ampliar-se o plantel de colônias, não esquecendo entretanto que apenas 30% dos enxames capturados possuem rainhas melhoradas e novas. 70% das colônias são rainhas meia idade ou esgotadas e passados estes 4 meses da safra de mel, a partir da observação das colônias capturadas, DEVE-SE TROCAR ESTAS RAINHAS ESGOTADAS POR NOVAS SELECIONADAS  para que vcs entrem 2019 comum plantel numeroso de colônias capturadas com rainhas novas selecionadas.

     Não esquecer meus amigos que uma vez encerrada a colheita de mel em meados de 15 de Outubro, logo em seguida É MOMENTO DE COLOCAR AS MELGUEIRAS CPI´S (COLETORES DE PRÓPOLIS INTELIGENTE) e aplicar alimentação pesada para que as abelhas encham a melgueira com mel de alimento artificial para que assim tenham condições mínimas de população e nutrição para  BUSCAR A RESINA DO ALECRIM DO CAMPO E DA COPAÍBA E PRODUZIREM A PRÓPOLIS VERDE DO ALECRIM E ESCURA DA COPAÍBA. Sem contar que os favos puxados dessa super alimentação durante a safra da própolis PODE-SE EXTRAIR TAMBÉM A CERA PRODUZIDA PELAS ABELHAS VINDA DESSA ALIMENTAÇÃO. CERA NATURAL DE ALTA QUALIDADE EXALADA PELAS GLANDULAS CERÍGENAS DAS ABELHAS.

     O mercado continua carente de mel amigos. A dependência dos apicultores do entreposto para compra do mel produzido, construída pelos entrepostos voltados à exportação tornou a ampla maioria dos apicultores dependentes dos entrepostos para compra. O enfraquecimento do mercado interno, com a venda do mel produzido pelo apicultor direto ao entreposto, institucionalizado nos últimos anos como único meio de venda de mel (como se não houvessem outros) tornou a  CADEIA COM MUITO MEL VOLTADO A EXPORTAÇÃO E POUCO MEL VOLTADO AO MERCADO INTERNO. Poucas marcas entraram no mercado interno nos últimos anos e o consumidor brasileiro tem se visto com poucas opções de compra de mel de qualidade.  É HORA DO SEU VIZINHO DE MURO QUE MORA NA RUA DE CIMA SABER QUE VC CRIA ABELHAS, QUE PRODUZ MEL, PRÓPOLIS, PÓLEN, CERA, GELÉIA REAL. É INCOERENTE E BEIRA A INSANIDADE APICULTORES RECLAMAREM QUE A EXPORTAÇÃO VEM PAGANDO CADA VEZ MENOS PELO QUILO DO MEL QUANDO NEM SEU VIZINHO DE MURO DA RUA DE CIMA SABE QUE VC CRIA ABELHAS E VENDE MEL. Hora e momento de mudar esse paradigma e essa frequência de venda de mel no atacado para exportação onde cada vez mais briga-se  PARA VER QUEM FICA POBRE MAIS RÁPIDO.

     Somos 210 MILHÕES DE BRASILEIROS  COM UM MERCADO POTENCIAL ESTIMADO EM 200 MIL TONELADAS DE CONSUMO MEL/ANO  estimando 1 kg de mel por brasileiro  POR ANO. Com a atual produção não atendemos nem 1/5 desse potencial estimado. Qualquer propaganda e divulgação na mídia esgotaríamos a produção total nacional em  questão de semanas. Portanto não adianta cobrar propaganda, mídia,  para o aumento do consumo de mel quando mais de 95% dos apicultores tem no máximo 50 colméias na propriedade rural com produção total de no máximo 600 kgs de mel por ano. PIADA DE MAU GOSTO ESSES APICULTORES QUE NÃO ENXERGAM O GRANDE NEGÓCIO QUE POSSUEM EM MÃOS, mas continuam preferindo vender  LEITE DE VACA A 0,90 O LITRO.       

     PRODUZIR, PRODUZIR E PRODUZIR AMIGOS. VENDER, VENDER, VENDER, VERTICALIZAR O MERCADO, DENUNCIAR AS FALSIFICAÇÕES DE PRODUTOS NO MERCADO, IR AO MINISTÉRIO PÚBLICO COBRAR DOS MESMOS PROVIDENCIAS CONTRA A MORTANDADE DE NOSSAS ABELHAS, CORPO A CORPO COM O CONSUMIDOR FINAL. Uma colméia de abelhas produz em produtos e sub-produtos verticalizados ao consumidor R$ 6.000,00 de produtos por ano. Qualquer 100 colméias tecnicamente criadas dentro do manejo, com a colheita de todos os produtos e desenvolvimento de uma linha de produtos e sub produtos comestíveis, que somam mais de 100 produtos ao todo rendem por ano R$ 600.000,00 de faturamento bruto; OU SEJA TRABALHANDO BEM E CORRETO DA COLMÉIA NO CAMPO PASSANDO PELA PRODUÇÃO DE TODOS OS PRODUTOS, VERTICALIZAÇÃO DA LINHA DE PRODUTOS ATÉ A GÔNDOLA, estamos falando do  GRANDE NEGÓCIO ABELHAS que sustenta toda uma família com tranquilidade e conforto financeiros e com todo um processos de sustentabilidade da natureza como um todo.

     Mas é TRABALHO PESSOAL. É como alguns apicultores brincam: "-Não é melzinho na chupeta!!!". É desenvolver um grande negócio profissional, com dia o hora certos para visitação aos apiários, de estudo e APROFUNDAMENTO REALMENTE PROFISSIONAIS DA ATIVIDADE,  com participação em cursos de apicultura, seminários, congressos, leitura de periódicos, livros, revistas, enfim, viver o mundo da abelha em sua integralidade. UM PASSO DE CADA VEZ. Não seja um APICULTOR COELHO, que faz tudo correndo, achando que é colocar abelha hoje no mato e colher amanhã. Lembre-se que o coelho vive apenas 7 anos.  SEJA UM APICULTOR TARTARUGA, que faz devagar e sem atropelos todo seu trabalho e propósito de vida, com sabedoria e aquisição de experiência durante toda uma vida. UMA TARTARUGA VIVE 300 ANOS. Pra bom entendedor  meia palavra basta meus amigos.

     Sejam felizes e façam do AGRONEGÓCIO ABELHAS a razão de vossas vidas. E contem com a  CIA DA ABELHA na orientação de vossos projetos, no atendimento técnico através das consultorias presenciais, on line via internet, telefone ou email, através dos cursos de apicultura diversos para iniciantes, profissionais ou indústria e com a mais completa linha de materiais, equipamentos e insumos para suas abelhas.

FRATERNO ABRAÇO
ARMINDO NASCIMENTO JR
CIA DA ABELHA
GESTOR DE SISTEMAS DE PRODUÇÃO APÍCOLA
62-99367.3179 (CLARO-ZAP)

Nenhum comentário:

Postar um comentário