segunda-feira, 4 de junho de 2018


O APICULTOR "MANCO" E A PRÁTICA APÍCOLA DE "MULETAS"
Informativo 04/2018 CIA DA ABELHA - Junho/2018
Publicado também no link de nosso site:

Olá amigos apicultores em todo o Brasil.
Entramos Junho e com ele os 30 DIAS RESTANTES DO MANEJO PRÉ-SAFRA MAIO/JUNHO de preparação das colméias para a  SAFRA PRINCIPAL 2º SEMESTRE 2018 que promete ser um dos maios promissores após quebras seguidas de safra dos últimos anos motivados pela forte atuação do fenômeno El Niño em todo o país.

Deve o apicultor lembrar que são 3 os manejos a serem aplicados nas colméias em preparação para a safra:  TROCA DE FAVOS VELHOS, TROCA DE RAINHAS E ALIMENTAÇÃO BALANCEADA RICA E ABUNDANTE com objetivo claro de PRODUZIR ABELHAS  NA COLÔNIA E CRIAR UM SUPER EXÉRCITOS  DE CAMPEIRAS que são a base  para o alcance da alta produtividade nas colônias. Aplicar 1 deles ou aplicar 2 deles não conferem a plenitude do que pode ser alcançado em termos de produção.

Trocar favos velhos sem trocar rainhas e sem alimentar permanecerá a colméia do jeito que está: fraca em população, rainha esgotada e desestimulada, enxame fadado a morte. Alimentar sem trocar favos e sem trocar rainhas conferirá favos velhos abarrotados de alimento mas ainda fraco em população e sem perspectiva de sobrevivência. Trocar apenas a rainha sem alimentar e sem trocar favos velhos manterá a colméia do jeito que está, dado o fato de que a mesma responde àquilo que encontra na colméia: nutrição e favos novos; fadada a morte.

E assim são mais de 85% dos apicultores do país:  MANCOS.  Esquecem que a colônia estrutura-se em cima de um tripé de manejo.  TROCA DE FAVOS, ALIMENTAÇÃO E TROCA DE RAINHAS. A falta de um dos pilares do tripé ou a aplicação de 2 deles esquecendo do terceiro estará o  APICULTOR MANCO  fadado eternamente ao uso de MULETAS.  Nunca sai do lugar, patina eternamente na sofrível média de produtividade de 15 a 18 kgs de mel por colméia/ano, produzindo um mel de custo alto na colônia, sempre lamentando a fraca produção, a dificuldade de mercado, os preços sofríveis pagos por cooperativas e entrepostos. A culpa é sempre do outro, nunca de suas "MULETAS".

Pelo contrário, o APICULTOR PROFISSIONAL, dotado de uma perspectiva de produção e manejo de médio e longo prazos sabe que os 3 MANEJOS PARA ALTA PRODUTIVIDADE  associados a  SELEÇÃO GENÉTICA DE CARACTERÍSTICAS DESEJÁVEIS pelo DEP  DESEMPENHO ESPERADO DE PROGENE, com objetivo de multiplicação e produção de rainhas com características desejáveis, esse sabe e já vive a realidade da alta produtividade acima de 60, 70, 80, 90 kgs de mel ou mais com custo baixo de produção, lucro liquido na casa dos 50% para venda no atacado em tambores e 400% na venda fracionada ao consumidor. Esse apicultor trabalha, produz, calcula, projeta, efetua projeções de produção, demanda e venda. Esse sabe do enorme potencial de mercado e produz aquilo que o mercado precisa, estabelece crescimento sustentado dos apiários e da produção, cria mercados para atingimento dos consumidores finais e faz da atividade apícola seu futuro de vida.

O apicultor é aquilo que ele pensa e projeta. Se você projeta insucesso, só enxerga dificuldades, só vai ao apiário de vez em quando, não alimenta na fome, não alimenta na pré safra, nunca troca favos, nunca troca rainhas, estará fadado ao insucesso da atividade. Mas se você pensa e age de forma proativa, coloca-se pronto para o trabalho, empreende com espírito determinado, tem foco em crescimento alicerçado em produtividade estará fadado ao sucesso apícola.

Cada vez mais o mercado exige profissionalismo, apicultores informados sobre técnica, manejo, mercado, vendas e administração geral do negócio. Se você se sente um APICULTOR MANCO DE MULETAS, passou da hora de procurar a cura para essa disfunção!!!!


Um Fraternal Abraço
Armindo V. N. Junior\
Apicultor e Gestor de Sistemas de Produção Apícola.
Apiterapeuta e acupunturista
Moderador da Lista Cia da Abelha
CIA DA ABELHA - GOIÂNIA/GO
REFERÊNCIA NA CADEIA DO AGRONEGÓCIO APÍCOLA DESDE 1983
Tels: 62-32822232/62-81020918(TIM) /62-93673179(CLARO)


Nenhum comentário:

Postar um comentário